Policiais civis farão manifestações em compromissos públicos de José Serra.

O movimento grevista dos policiais civis de São Paulo continua e terá nova Assembléia Geral na terça-feira. A assembléia será na sede do Sindicato dos Investigadores do Estado de São Paulo. O Sindicato pretende seguir os passos do Governador José Serra, promovendo mobilizações em todos os compromissos públicos do Governador, com o objetivo de mostrar a ele a necessidade do estabelecimento de negociações entre as partes. Até agora o Governador têm sido insensível às demandas trabalhistas da Polícia Civil de São Paulo.

O Governador oferece aos policiais aumento de 6,5% para 2008 e o mesmo percentual para 2009. A categoria reivindica 15% este ano e 12% em 2009 e 2010. O Governador não negocia. A greve continua. A notícia sobre o movimento grevista dos trabalhadores da segurança pública de São Paulo é do Estadão e pode ser conferida em http://www.estadao.com.br/geral/not_ger271198,0.htm

domingo, 2 de novembro de 2008, 15:56 | Online

Em greve, policiais civis fazem assembléia na 3a-feira

LETICIA BRAGAGLIA – Agencia Estado

Tamanho do texto? A A A A

SÃO PAULO – Os policiais civis em greve devem se reunir em assembléia na manhã de terça-feira (4), na Sede do Sindicato dos Investigadores do Estado de São Paulo, para definir os próximos passos na negociação da categoria com o governo. O presidente do sindicato, João Batista Rebouças, confirmou que, daqui para frente, a categoria deve seguir os passos do governador José Serra (PSDB) em seus compromissos públicos para pressioná-lo.

Isso, no entanto, não deve acontecer neste domingo, caso o governador José Serra visite o Grande Prêmio de Fórmula 1, no Autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo. No autódromo circulou a informação que a entrega do prêmio seria feita por Serra, mas a assessoria do governador não confirma nem desmente sua presença em Interlagos.

O reajuste proposto pelo governador para os policiais civis é de 6,5% neste ano e mais 6,5% em 2009. Os representantes da Polícia Civil querem um reajuste de 15% agora, 12% no ano que vem e mais 12% em 2010. “Os policiais são acusados de intransigência, mas quem não está facilitando o diálogo é o governo”, disse o presidente do sindicato dos investigadores. Rebouças mencionou que na última sexta-feira houve uma audiência pública na Assembléia Legislativa, mas o governo não enviou nenhum secretário para negociar com os grevistas.

Technorati : , , , , , , ,
Zooomr : , , , , , , ,

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: