Médicos no asfalto contra intransigência do Prefeito, alertam população contra crise no SUS de Juiz de Fora

MÉDICOS DA PREFEITURA FAZEM ATO PÚBLICO COM PASSEATA E APITAÇO. E NOVA ASSEMBLÉIA SERÁ AMANHÃ – 24 de maio – 19 horas e 30 minutos – na Sociedade de Medicina e Cirurgia – Rua Braz Bernardino, 59

MOBILIZE * DIVULGUE * COMPAREÇA

Os médicos da Prefeitura de Juiz de Fora mostram a cara e exigem respeito

O segundo ato público dos médicos municipais e municipalizados de Juiz de Fora foi um completo êxito. A concentração, pela manhã, diante da Câmara Municipal, contou com uma presença muito representativa da classe médica e de conselheiros municipais de saúde e usuários do SUS. Estiveram presentes o conselheiro e delegado do CRM de Minas, Dr. José Nalon, e o Presidente da mais que centenária Sociedade de Medicina e Cirurgia, Dr. Jairo Antônio Silverio, representando a unidade e o apoio das entidades médicas ao legítimo movimento da categoria. Honraram também a classe médica, com sua presença, os vereadores Isauro Calais e José Fiorilo.

Depois do apitaço diante da sede do Poder Legislativo os médicos seguiram em passeata pelas ruas centrais da cidade, com faixas e bandeiras. Foi feita a distribuição farta de uma tiragem de mais de 5.000 panfletos esclarecendo ao povo de Juiz de Fora sobre os reais motivos do movimento e evidenciando a intransigência do Prefeito em negociar e buscar uma solução democrática para a crise. As duas contrapropostas oficialmente encaminhadas pelo Vitor Valverde, secretário de Custódio, foram inaceitáveis. Retiram direitos dos médicos, criam carreira em extinção e nem sequer mencionam um novo vencimento básico inicial para a categoria, determinando um piso salarial decente.

A seguir foi organizado um novo apitaço e nova manifestação diante do PAM Marechal e novamente os médicos seguiram pelas ruas centrais até a Câmara, onde o Presidente do Sindicato, Dr. Gilson, fez uso da palavra enaltecendo a coesão e a coragem da categoria. Durante as manifestações foram visíveis as manifestações de apoio de transeuntes ao movimento. Pessoas diziam que a nova Juiz de Fora, alardeada pelo Prefeito, não pode excluir a saúde e que não basta construir hospital e fazer reformas cosméticas, porque saúde e feita de gente para gente e não se resolve apenas com tijolo, cimento e inaugurações pomposas. Hoje começou a ser veiculada, no rádio, uma campanha de esclarecimento à população sobre a greve dos médicos.

O movimento dos médicos municipais e municipalizados da Prefeitura, além da adesão maciça e do forte apoio, tem se pautado pela transparência, legalidade e por seu caráter democrático, haja vista que sua pauta contém reivindicações legítimas. Por essa razão é que os médicos exigem respeito. Esperamos igual atitude do Prefeito e que reflita e possa apresentar uma proposta decente e resolutiva.
http://sindicatoexpresso.blogspot.com/2011/05/fax-sindical-896-juiz-de-fora-medicos.html

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: