Arquivos de tags: estatização das especialidades médicas

Sindicato Expresso: Projeto de decreto legislativo que anula decreto de Dilma sobre especialidades médicas deverá voltar à pauta em duas semanas

18h09

Cunha faz uma proposta aos autores, deputados Mandetta (MS) e Mendonça Filho (PE), ambos do DEM, de não votar o requerimento hoje. Ele se compromete a, dentro de duas semanas, colocar em votação o pedido de urgência e o projeto. Os deputados aceitam a proposta.

11
Resposta Enviada!

Fique ligado, as melhores respostas serão exibidas aqui!

17h52

RESUMO: A Câmara dos Deputados analisa agora pedido de urgência para projeto que suspende o decreto presidencial que regulamenta o Cadastro Nacional de Especialidades, previsto na lei dos Mais Médicos. Também estão na pauta as regras para financiamento de campanha, dentro da votação em segundo turno da reforma política, e um projeto de lei que tipifica o crime de terrorismo.

22

Sindicato Expresso: Projeto de decreto legislativo que anula decreto de Dilma sobre especialidades médicas deverá voltar à pauta em duas semanas.

CONFLITO MINISTÉRIO DA SAÚDE X MÉDICOS: Para ministro da Saúde, reação de médicos a decreto é ‘patética’ | #CRISEnoSUS

O SUS está em crise e a saúde é o setor pior avaliado nas pesquisas que medem a insatisfação dos brasileiros com os serviços públicos.

A burocracia do Ministério consegue com que se assine um decreto que estatiza as especialidades médicas. Diante da reação da classe médica o ministro da Saúde explode:

Em meio a um embate com as entidades médicas, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, saiu em defesa do decreto que prevê a criação de um cadastro nacional de especialistas e disse que a reação da categoria em torno do tema é “patética”.

O que dizer, senhor ministro?


O petista Artur Chioro, que divide seu tempo entre a Medicina e livros
sobre espiritismo, não demonstra a sua fé quando apoia um governo
incompetente e envolto em escândalos. Também não demonstra
qualquer espírito de caridade quando ataca ferozmente a classe
médica, materializada nas instituições que as representem.
“Patético”, dr. Chioro, é o governo que o senhor compõe.
Patéticos são os burocratas de um ministério ineficiente de uma
saúde que é avaliada como ruim ou péssima por três quartos dos
cidadãos brasileiros. Patética é sua gestão de um SUS em crise,
cujos retrados vamos postando, dia após dia, aqui nesse blog, para a
pérpetua memória desses fatos. Patética é a sua dissimulação e
mentira, Dr. Chioro, denunciada em matéria da AMB.

O ministério foi desleal com a classe médica, mais uma vez. Muitos
médicos já perceberam que os burocratas do Ministério da Saúde
não gostam da classe médica e se esforçam por excluí-la e
desmerecê-la. Querem os médicos sem vez e sem voz. Conseguirão?
Acreditamos ser difícil que uma classe de quatrocentos mil pessoas
se deixe enrolar facilmente. Mas será preciso muita conspiração
nos gabinetes do Ministério da Saúde para desacreditar as entidades
que representam os médicos e separá-los dessas entidades para que
fique mais fácil “governá-los”. Afinal, dividir para governar é
uma lição que o partido ao qual Chioro é filiado usa e abusa. Os
burocratas esquerdistas do ministério leem na mesma cartilha.


Fonte:

Para ministro da Saúde, reação de médicos a decreto é ‘patética’ | JORNAL O TEMPO

Sindicato Expresso: Para ministro da Saúde, reação de médicos a decreto é ‘patética’ | JORNAL O TEMPO.

Sindicato Expresso: Osasco – Sem pagamentos e sem garantias quanto ao futuro médicos residentes do hospital municipal vão à greve. Mais um retrato da #CRISEnoSUS

O futuro que aguarda a formação de médicos especialistas brasileiros depois que o governo federal começou a estatizar as especialidades médicas é tenebroso. Vejam o que acontece atualmente em Osasco.

Hoje os médicos Residentes do Hospital Municipal Central de Osasco Antonio Giglio decidiram entrar em greve a partir das 12 h de hoje (10/08), com a paralisação das atividades hospitalares e ambulatoriais. O movimento grevista tem como foco a regularização da situação dos Residentes, junto a instituição. Pois, mesmo todos os residentes tendo prestado concurso público, estão sem garantia de continuidade da Residência médica. No dia 03 de agosto, foram avisados que a Fundação ABC mantenedora do hospital, ira impedir o ingresso dos médicos Residentes ao hospital por falta de formalização do contrato de residência médica, por parte da Secretaria Municipal de Saúde de Osasco com a Fundação ABC. 

Os Residentes ainda estão sem o pagamento da Bolsa há 3 meses (e ainda sem previsão de pagamento). De acordo com o Dr. Diego Garcia, presidente da Ameresp – Associação de Médicos Residentes do Estado de São Paulo, a falta do pagamento prejudica os profissionais, “Sem o pagamento das bolsas, por tão extenso período, comprometem-se locomoção, alimentação e moradia dos residentes, bem como outros itens básicos. Lembramos que o pagamento da bolsa aos residentes médicos é algo previsto em lei e regido por um contrato. Um contrato individual para cada Médico Residente também é celebrado, quando a vaga é assumida em qualquer hospital de nosso país, e prevê o pagamento da Bolsa ao fim de cada mês de trabalho” enfatiza Dr. Diego

Sindicato Expresso: Osasco – Sem pagamentos e sem garantias quanto ao futuro médicos residentes do hospital municipal vão à greve. Mais um retrato da #CRISEnoSUS.