Arquivos de tags: indústria

Mercedes Benz ataca organização do trabalho no Brasil.

Repassamos informe da CUT Regional da Zona da Mata. A empresa Mercedes Benz, na sua fábrica de Juiz de Fora, demitiu dirigente do sindicato dos metalúrgicos. Tal fato é um atentado à organização do trabalho e precisa ser melhor apurado.
Detalhe:o sindicalista acompanhava procedimentos de perícia ocupacional e previdenciária. A ingerência da empresa nessas áreas estaria além de suas atribuições empresariais. Há também a acusação de descumprimento impune de Convenção Coletiva de Trabalho. Essa empresa se beneficiou de enormes isenções fiscais e de investimentos públicos para se instalar em Juiz de Fora e questiona-se o seu retorno. Não parece comprometida com qualquer projeto de desenvolvimento sustentável. Agora, mais essa…

CUT REGIONAL ZONA DA MATA-MG
Galeria dos Previdenciários, n° 18 / Sala 304
Juiz de Fora/MG – CEP 36013-190 – Tel. (32)3217-2359
http://br.geocities.com/cut_regional/

MERCEDES BENZ DEMITE DIRIGENTE SINDICAL

TRATA-SE DE RETALIAÇÃO A UM COMPANHEIRO DE LUTA QUE CUMPRIA AS OBRIGAÇÕES DE SEU MANDATO CLASSISTA.

A CUT REGIONAL ZONA DA MATA/MG repudia a prática anti-sindical da empresa Mercedez Benz que demitiu o companheiro Atanan Pereira, dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos de Juiz de Fora e região. O companheiro Atanan, cumprindo o mandato que lhe foi dado pela categoria, acompanhava todas as perícias judiciais e previdenciárias junto à Mercedes.

O fato é que a Mercedez não aceita este enfrentamento com o sindicato e por isso decidiu retaliar o companheiro Atanan. No mesmo dia em que ele foi comunicado por telefone sobre sua demissão, sua companheira Marli, que também trabalhava na Mercedez foi demitida.

Além disso, a Mercedez desrespeita a CCT e não paga os 10% aos trabalhadores.

Afinal, foi pra isso que foram dados os incentivos fiscais para que a empresa viesse para Juiz de Fora? Foi para desrespeitar direitos trabalhistas garantidos na CCT e perseguir sindicalista?

Empresa que não cumpre Convenção Coletiva e que usa de prática anti-sindical para inibir seus trabalhadores, deve ser ocupada pelos trabalhadores e estatizada sob o controle operário.

· PELA READMISSÃO DO COMPANHEIRO ATANAN;

· PELA READMISSÃO DA COMPANHEIRA MARLI;

· PELO CUMPRIMENTO DA CCT! 10% JÁ!

Contatos:

Werneck – Presidente do STIM – JF
32-8852-0089, 32-3215-5071
werbia@terra.com.br

Atanam
32-8848-9632
atananpereira@uol.com.br

Saudações CUTistas,
CUT REGIONAL ZONA DA MATA/MG
Péricles de Lima – (32)8886-5671
Presidente


Technorati Tags: , , , , , , , ,

Discutida regulamentação das relações dos médicos com laboratórios.

Estudo publicado no New England Journal of Medicine constata que 94 % dos médicos atuantes nos Estados Unidos mantém relações econômicas com a indústria farmacêutica. 28% deles receberam dinheiro para palestras e prestação de consultoria. O tipo de relação mais comum é o fornecimento de alimentos nos locais de trabalho. No Brasil não existem dados e discute-se agora a regulamentação para manter essa relação entre médicos e empresas produtoras de medicamentos e insumos dentro de padrões éticos aceitáveis.


A notícia é de O ESTADO DE SÃO PAULO, e pode ser conferida na página:

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/28/nos_eua_94_dos_medicos_tem_algum_tipo_de_relacao_com_laboratorios_2083083.html

Nos EUA, 94% dos médicos têm algum tipo de relação com laboratórios

Continue lendo