Arquivos de tags: mensalão

José Dirceu ataca classe médica para defender governo

O notório Zé Dirceu, já condenado pelo STF por seu escandaloso envolvimento no mensalão, vem usar o seu blog para incitar militantes do partido ao qual é filiado contra a classe médica.

A intervenção do mensaleiro pode ser conferida em http://www.zedirceu.com.br/a-continuidade-do-desumano-danoso-e-malefico-boicote-corporativista-ao-mais-medicos/

Nada de novo ao referir-se ao boicote “corporativista”, já que não é o único a desqualificar e perseguir as demandas da classe médica com esse rótulo inapropriado. Nenhuma categoria profissional sofre de tamanha discriminação, ao ter qualquer pleito, antes que se examine sua validade, ser rotulado de “corporativo”. No texto a classe é alvo de outros ataques mensaleiros. Diz Dirceu:
“Cidades e periferias, repita-se, nas quais os médicos brasileiros se recusam a trabalhar.”

Não tendo o governo previamente organizado concurso público, essa conclusão parece insensata. Tivesse feito o concurso público e observasse seus resultados, teria o governo autoridade moral para usar o argumento que Dirceu repete. Na falta, falta-lhe essa autoridade e o argumento dilui-se na massiva campanha de marketing pela qual escoa com facilidade o dinheiro público.

Mais uma vez, Dirceu, como o governo que ele apoia, falam sobre a saúde mostrando sua cegueira seletiva quanto ao sucateamento da infraestrutura, à carência de meios, à precarização das relações de trabalho. Fingem não ver todo um conjunto de causas da má qualidade dos serviços públicos de saúde. Por isso, suas conclusões serão sempre muito vulneráveis à crítica.

Marcos Valério envolvido em atentado contra funcionário público.

Turma do mensalão mantinha policiais ao seu serviço para realizar atentados.

O mensalão e todos os escândalos que com ele se relacionam e todo o desfile de personagens macabros, não para de nos surpreender. Há muito ainda o que ser contato. O tamanho da maldade desse grupo ainda não pode ser completamente apreciado. Agora parece que essas pessoas tinham até um braço armado. Agiram contra um fiscal em São Paulo. Um funcionário público que, no exercício regular de suas funções, pareceu ameaçar o grupo. Por isso decidiram os cúmplices de Valério provocar a sua desgraça. O caso está sendo investigado pela polícia.


Lembramos que a extensa teia de aranha da corrupção, sediada em Belo Horizonte e relacionada, com uma freqüência elevadíssima, ao nome de Marcos Valério, foi objeto de uma CPI no Congresso, cujas transmissões bateram recorde de audiência e chamaram atenção de todos os brasileiros e ocuparam grande espaço na mídia. Inicialmente parecia que todo esse esquema atingia apenas o Governo Lula. Mas, à medida que as coisas foram sendo esclarecidas, as peças do quebra-cabeças se encaixaram de modo que as pessoas viram uma grande rede de corrupção suprapartidária, que não conhecia limites impostos por ideologias ou pelo histórico das legendas partidárias.

Abaixo transcrevemos a matéria que nos mostra que Marcos Valério mantinha, mediante suborno, até policiais a seu serviço. Ela pode ser conferida na página http://wap.folha.com.br/noticias/96-473165.wml


Procuradoria investiga policiais ligados a Marcos Valério por atentado

29/11/2008 – 09h47

O Ministério Público Federal em Santos (SP) investiga se dois policiais e um advogado ligados aos publicitário Marcos Valério de Souza agiram para provocar um acidente automobilístico que ferisse um fiscal da Fazenda de São Paulo, informa reportagem de Lilian Christofoletti na edição deste sábado (29) da Folha de S.Paulo (íntegra disponível para assinantes do jornal ou do UOL).

As evidências sobre a tentativa de provocar o acidente nasceram nas interceptações telefônicas, que revelaram conversas entre policiais e um advogado no sentido de machucar um fiscal. Pelo teor dos diálogos, o acidente efetivamente aconteceu e o alvo se machucou, porém sem gravidade.

Não há provas que envolvam o publicitário, que é réu no caso do mensalão, neste episódio.