Arquivos de tags: Tribunal de Contas

TERCEIRIZAÇÃO E SUS – FRAUDES, SUSPEITAS E INEFICIÊNCIA. 

A terceirização de atividades fim no SUS tornou-se uma espécie de regra, deformando com mais intensidade o sistema em alguns estados e municípios do que outros. Sendo o SUS serviço público e cumprindo um “dever do estado”, conforme reza a “Constituição cidadã”, sua política de recursos humanos deveria ser vista com mais atenção e respeito, como em outras carreiras do serviço público. Mas tal não acontece. Essa desatenção das autoridades e legisladores, como em tantas outras situações nesse país, tem uma explicação que se perde em meio às brumas da corrupção. E escândalos envolvendo terceirização da saúde não faltam.

Sempre os termos publicado nesse blog. Houve casos que envolveram contratação de falsos médicos e empresas fantasmas.

Aqui vai mais um caso para a lista.

A matéria foi publicada em

http://www.diariodaregiao.com.br/blogs/editoriais/festival-de-fraudes-no-sus-1.730809

Entre outras situações:

Um dos casos mais graves foi encontrado em Guapiaçu. Além das péssimas condições do imóvel que abriga o Centro de Saúde, os fiscais constataram que a sede do Grupo Serviços Médicos Ltda, empresa contratada pela prefeitura local para o fornecimento de médicos para a saúde municipal, coincidia com o endereço residencial da então diretora de saúde Ely Regina Goulart Bernardes. Ela ocupou o cargo entre o dia 8 de maio de 2003 e 2 de fevereiro de 2010.”

Considerando a capilaridade e a descentralização do sistema, além das deficiências da fiscalização, não é difícil imaginar o tamanho do rombo. Também não é difícil imaginar os possíveis beneficiários dessas distorções. 

Planos de carreira e salário digno são fundamentais para outra médicos brasileiros

Não é nova a elaboração de uma proposta de plano de cargos, carreira e salário para os médicos do setor público e do setor privado. Essa proposta deve orientar a luta dos médicos, ao lado da causa do piso salarial nacional. A sua consideração é importante para evitar a dispersão de forças da categoria, a pulverização de reivindicações necessárias, mas desordenadas, e o enfraquecimento da capacidade de mobilização, reivindicação e luta da classe médica.
Veja o vídeo em http://www.youtube.com/watch?v=I7rz7gdYDVE&feature=youtube_gdata_player
Caso não funcione, selecione, copie e cole no seu navegador de InternetFenam já apresentou proposta de plano de carreira para médicos

Um apoio eleitoral poderá render uma vaga em Tribunal de Contas?

Aliança e recompensa em Pasárgada.

A política mineira apresenta-se cada dia mais com a fisionomia deformada. As práticas anteriormente restritas aos Estados menores da Federação foram adotadas com total despudor. É o que informa matéria do Novojornal (www.novojornal.net) sobre o pós-eleição em Juiz de Fora. Segundo a matéria, que está na página http://www.novojornal.net/politica_noticia.php?codigo_noticia=7802,

Sebastião Helvécio receberia uma vaga no Tribunal de Contas do Estado como recompensa pelo seu empenho eleitoral no final do segundo turno, das eleições municipais, em apoio ao prefeito eleito Custódio Matos. Se o tempo é senhor da razão, os fatos posteriores poderão esclarecer os fatos afirmados, se coisas verídicas ou apenas ilações apressadas.


Abaixo transcrevemos a matéria, que também poderá ser conferida no original clicando no link acima.

03/11/2008, 11:18 – Tribunal de Contas vira moeda de troca

Sebastião Helvécio apresenta conta exigindo sua indicação para conselheiro do TCEMG, excluindo seu colega Mauri Torres

A política mineira apresenta-se cada dia mais com a fisionomia deformada. As práticas anteriormente restritas aos Estados menores da Federação foram adotadas com total despudor.

O malefício moral introduzido é praticado abertamente. O comportamento do governo, há pouco tempo fazia corar até mesmo um simples chefe de torcida de um clube de futebol de várzea.

A naturalidade e desenvoltura na relação levam a crer que, em breve, Minas Gerais deixará de ser conhecido como um estado moralmente conservador para servir como referência das práticas desonestas e perdulárias.

A negociação e o apoio político eleitoral, até então restrito à participação na gestão do Executivo, foi carregado para os demais poderes.

A indicação para cargos que deveriam ser ocupados por pessoas de carreira das próprias instituições ou de seu segmento virou moeda de troca até mesmo eleitoral.

A principal regra que norteia a política mineira é: “O que não vale é perder as eleições”.

Em Juiz de Fora, cidade da Zona da Mata mineira, as eleições estavam praticamente definidas a favor da candidata do PT, quando a negociação entre uma de suas lideranças, o deputado estadual Sebastião Helvécio (PDT), e o Palácio da Liberdade iniciou-se.

Até então anunciada e justificada como uma “aliança” em favor do município, agora pouco mais de 15 dias das eleições do segundo turno, descobre-se que o acordo incluiu apenas o benefício da “liderança”, deputado Sebastião Helvécio. Quanto aos eleitores, quem sabe em outra eleição eles possam ser atendidos…

Na Assembléia Legislativa mineira, o deputado Mauri Torres (PSDB), flagrado no esquema de caixa dois de Marcos Valério ao utilizar recursos públicos para presentear sua então namorada com um apartamento de luxo em um bairro nobre de Belo Horizonte, encontra-se desolado e reclamando do abandono a ele conferido pelo Palácio da Liberdade.

Anteriormente seria ele, o Don Juan de Viçosa, o indicado para o cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas. Não por outro motivo que o Tribunal de Contas de Minas se encontra hoje com seus principais conselheiros envolvidos no maior esquema de corrupção do Estado.

Agora que as investigações serão retomadas pela Polícia Federal (PF), após reconhecimento da legalidade das provas colhidas na Operação Pasárgada, é bem possível que novos cargos sejam abertos no Tribunal de Contas mineiro e que todos os pretendentes sejam atendidos.

Juiz de Fora, até então conhecida nacionalmente por seus famosos e importantes bailes de travestis e como a terra do exótico ex-senador, Presidente da República e governador de Minas, Itamar Franco, agora poderá ser denominada como Pasárgada.

Technorati : , , , , , , , , ,
Zooomr : , , , , , , , , ,